Quinta-feira (09) é dia de música autoral e oficina musical no Echos Studio Bar

Nessa quinta-feira, 09/04, o Echo Studio Bar em Barão Geraldo em parceira com o MIC – Movimento Independente de Campinas – apresenta o show das bandas locais Ceano e a Linguagem Híbrida, afim de promover e fomentar o cenário autoral da região.

Para maiores informações sobre o evento click aqui.

Ainda nesta quinta-feira tem inicio a “Oficina de Produção Musical” do Echos Produções.
Poucas vagas ainda disponíveis. Para maiores informações ligue: (19) 3201-8900 ou através do e-mail: victor@echos.mus.br.

oficina echosGood Coffee!

“Oficina Cultural Hilda Hilst fechará as portas em abril”

Matéria publicada originalmente no site da RAC no dia 21/03/2015 por Delma Medeiros

A Oficina Cultural Hilda Hilst (OCHH), unidade da Secretaria de Estado da Cultura gerenciada pela organização social (OS) Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura, vai fechar as portas. A entidade, que funciona na Rua Ferreira Penteado, no Centro, será desativada no final de abril e três dos quatro funcionários serão dispensados. Apenas o coordenador, Fábio Luchiari, será mantido e atuará como assessor da Oficina Cultural Carlos Gomes, de Limeira, que se encarregará de gerenciar as atividades da região de Campinas. Oficialmente, a OCHH completa dez anos em 12 de abril, mas efetivamente está em atividade desde 2000, oferecendo oficinas, cursos, palestras e workshops nas áreas de artes cênicas, visuais, comunicação, moda, design, cultura digital, gestão cultural, literatura, marketing, patrimônio cultural e música. De acordo com a Secretaria de Estado da Cultura, o serviço está sendo “reestruturado” e todas as atividades serão mantidas.

OC-Hilda-Hilst_Divulgacao1No total, seis unidades de Oficinas Culturais serão fechadas no Estado pela Poiesis — Campinas, Araçatuba, Araraquara, São João da Boa Vista, Bauru e São Paulo — e absorvidas por outras instituições. “A difusão de atividades para outros municípios das regiões antes atendidas pelas sedes citadas será mantida, no mesmo modelo de parceria com as prefeituras”, afirma a nota oficial da Secretaria. “A OCHH será desativada, mas as programações culturais de Campinas e região serão mantidas por meio de parcerias, gerenciadas pela unidade de Limeira, que contará com a assessoria do atual coordenador da unidade de Campinas”, informou a Poiesis.

“A reestruturação foi definida pela Poiesis, organização social responsável pela gestão do programa Oficinas Culturais, em função da readequação do orçamento estadual, seguindo diretriz de qualificação dos gastos e otimização dos recursos”, informam a Secretaria e a OS. Segundo a nota da Secretaria, “a medida implicará em economia dos valores de aluguel, manutenção e serviços dos prédios desativados, que serão revertidos para a programação cultural”. A Poiesis afirma que todos os projetos artísticos selecionados “seguirão como parte da programação, que tem horizonte trimestral”. Para o 2º trimestre do ano, a OCHH prevê a realização de 17 oficinas, sendo 13 em Campinas e quatro em cidades abrangidas pela unidade.

Apesar da afirmativa de que as atividades não serão prejudicadas, instrutores e participantes das oficinas veem a medida com apreensão. “É uma pena, as oficinas em Campinas sempre têm grande demanda. Estranho Campinas ser absorvida por Limeira, o contrário seria mais razoável. Lamento muito saber disso”, afirma o produtor cultural Reginaldo Menegazzo, que já ministrou várias oficinas de gestão cultural na OCHH, sempre com vagas esgotadas.

“Absurdo, a cidade já tem tão poucos espaços e serviços nesse sentido. É uma perda para quem fornece e para quem quer receber a formação. As oficinas permitem que a população seja protagonista do processo, não faz sentido fechar a unidade e restringir o acesso da população”, diz Estela Tozetti, participante de oficina.

Para o produtor cultural Cabeto Rocker, que iniciou a atividade em Campinas juntamente com o também produtor Marcos Kaloy, a medida é “uma vergonha”. Para ele, como cidade sede da Região Metropolitana (RMC), Campinas tinha de manter a unidade e até ampliar a área de atuação. “O movimento cultural vem perdendo força em Campinas. Sem cultura, Campinas corre o risco de virar uma cidade dormitório. Esta é uma grande perda, uma tristeza.” Em 2014, a Oficina Cultural Hilda Hilst atendeu 1.412 pessoas.

Contrato

O contrato firmado entre a Secretaria de Estado da Cultura e a Poiesis para gerenciamento do programa Oficina Cultural estabelece um repasse de R$ 134 milhões para desenvolvimento das oficinas até 2018. Pelo contrato, para o exercício de 2015, a estimativa de repasse à organização social é de R$ 24 milhões. Já a Poiesis informa que o plano de trabalho ajustado com a Secretaria para 2015 prevê o repasse de R$ 19 milhões, a serem gastos na programação cultural, pessoal e custeio.

Petição

Alguns usuários e apoiadores da Oficina Cultural Hilda Hilst criaram uma petição on line para impedir seu fechamento. Click aqui para assinar a petição em apoio a um dos centros culturais mais importantes dos últimos anos em Campinas/SP.

Good Coffee!

Confira a programação da 7ª Mostra Curta Audiovisual de Campinas!

mostraDe 14 a 22 de Novembro acontece a sétima edição da Mostra Curta Audiovisual de Campinas/SP que irá contar com exibições de curtas, oficinas e palestras.

Sobre as sessões:

As exibições estão divididas em: Sessão de Abertura; Sessões Oficiais, seis sessões com uma seleção de curtas inscritos, duas sessões do Cineminha, a Sessão na Praça, que será realizada no Largo do Rosário, a Sessão com acessibilidade e a já tradicional Sessão Juri-Pop, com os curtas mais bem votados pelo público.
Para encerrar o evento teremos uma confraternização na Galeria Sede, com projeções dos curtas produzidos nas oficinas e exposição.

O Cineminha é uma sessão voltada ao público infanto-juvenil, com produção e curadoria do Ideia Coletiva.
Repetindo a experiência da edição de 2008 a Mostra vai pro Largo do Rosário, realizando uma sessão especial ao ar livre, a Sessão na Praça

As Sessões Oficiais são batizadas com nomes dos antigos cinemas de rua de Campinas e são compostas por curtas de variados estilos e linguagens, compreendendo ficção, documentário e animação, realizados em dez diferentes estados brasileiros. O público dessas sessões recebe fichas para votar nos preferidos, que ao final formam a Sessão Juri Pop.

programaçãoOficinas e Palestras:

Para fomentar a produção regional e promover o diálogo entre realizadores e o público, a Mostra inclui também uma programação com atividades paralelas. Quatro oficinas práticas serão oferecidas: Desenho Animado, oferecida pelo Núcleo de cinema e animação de Campinas nos dias 14 e 15/11, Documentário Expresso
realizada pela Ideia Coletiva nos dias 14/11 e 15/11 , Direção de Arte para cinema ministrada pela SkenoFX nos dias 20 e 21/11 e a Práticas da Produção de Vídeo, ministrada pela Capuccino Produções dos dias 19 a 21/11.

Além das oficinas, a Mostra promoverá, nos dias 16 e 17/11, sempre às 14h, palestras relacionadas ao audiovisual. Os temas destas palestras serão Roteiro Cinematográfico: O limiar do texto técnico e criativo, ministrada pelo graduado em Cinema pela UFSC Bruno Nucci e O Cinema e suas histórias, mediada pelo produtor cultural Tarcísio Vecchini.

Para maiores informações: www.mostracurta.art.br

Good Coffee!

Documentário “Autorock – Sexta Edição”

A produtora Sinistro Studio disponibilizou essa semana via YouTube o documentário “Autorock – Sexta Edição”.

O vídeo com cerca de 60 min conta como foi edição de 2011 do “Festival Autorock”, tradicional festival destinado a cultura independente realizado anualmente na  cidade de Campinas/SP.

Confira o vídeo na integra abaixo!

 

Good Coffee!

Autorock 2011: Como chegar!

Confira abaixo como chegar nos shows, exposições e mostras do Festival Autorock 2011!

Click na imagem para ampliar!

Good Coffee!

Programação Autorock 2011

Foi divulgado nesta terça-feira (08/11), a programação da sexta edição do Festival Autorock, evento dedicado a cultura independente realizado anualmente na cidade de Campinas/SP.

Esse ano além das inumeras atrações músicais o festival também irá contar com exibições de vídeos, exposições e oficinas.

Confira abaixo a programação* detalhada do festival:

AUTOROCK 2011

01/12 – Quinta Feira

19:00h – Abertura das exposição:

“Peitas e Pranchas” – Uma coleção de camisetas e skates. Do clássico ao obscuro.

Oficina: Silkscreen / Stickers – Coletivo SHN.

Show com a banda: Violentures (acústico) – Campinas – SP

Discotecagem: Pice Love Crazy

Local: Galeria DisORder – Av. General Osório, 1565 – Cambuí

(Entrada franca)

22:00h – Lançamento da revista PREGO #5

Show com as bandas:

Get Crazy – Campinas/SP

Merda – Vila Velha/ES

Local: O Bar do Zé – Av. Albino JB de Oliveira, 1325 – Barão Geraldo

(Entrada: r$10,00)

Merda

02/12 – Sexta Feira

22:00h – Riva Rock apresenta:

Paulo Gazela Blues Band – Campinas/SP – Lançamento do CD “Singin’ Good Old Songs With Good Old Friends”.

Local: O Bar do Zé – Av. Albino JB de Oliveira, 1325 – Barão Geraldo

(Entrada: r$13,00)

03/12 – Sábado

17:00h – Exposição de caricaturas:

“ Bluseiros”  –  De Fabiano Carriero e Bira Dantas.

Show com: Dokery Duo – Campinas/SP

Local: Carriero Estúdio – Av. Barão de Itapura, 2043 – Guanabara

(Entrada franca)

22:00h – Show com as bandas:

Lisabi – Campinas/SP

Bomb The Music Industry – U.S.A

Local: O Bar do Zé – Av. Albino JB de Oliveira, 1325 – Barão Geraldo

(Entrada: r$15,00)

Lisabi

04/12 – Domingo

16:00h – Show com as bandas:

Dirty Kicks – Campinas/SP

Mobydick – Campinas/SP

Mezcla – Campinas/SP

Zumbi Radioativo – Americana – SP

Véia Banguela – Campinas/SP

Alcoóis – Campinas/SP

K.R.H (Kruel Realidad Humana) – Colombia

Local: Praça Integração – Rua João Paulo Segundo, s/n – Padre Anchieta.

(Entrada franca)

06/12 – Terça Feira

19:00h – Exibição dos videos:

“Wassup Rockers” – Dir. Larry Clark – 2005

“Suburbia” – Dir. Penelope Spheeris – 1983

Local: Museu da Imagem e do Som de Campinas – MIS – Rua Regente Feijó, 869 – Centro

(Entrada franca)

20:30h – Show com as bandas:

Tina Thunder – Sorocaba/SP

Atmosfera Lunar – Franca/SP

Local: O Bar do Zé – Av. Albino JB de Oliveira, 1325 – Barão Geraldo

(Entrada: r$7,00)

Wander Wildner

07/12 – Quarta Feira

19:00h – Exibição dos videos:

“Cólera em Campnas” – Dir. Chopsuey Discos – 2011

“Metal Revenge” – 1988

Local: Museu da Imagem e do Som de Campinas – MIS – Rua Regente Feijó, 869 – Centro

(Entrada franca)

20:30h – Show com a banda:

Barolichacon – Campinas/SP

Local: O Bar do Zé – Av. Albino JB de Oliveira, 1325 – Barão Geraldo

(Entrada: r$7,00)

22:00h – Show com as bandas:

Kamala – Campinas/SP

Blue Barrel – Campinas/SP

Thriven – Campinas/SP

Local: Sebastian Bar – Rua Dona Maria Umbelina Couto, 79 – Guanabara

(Entrada: r$8,00)

08/12 – Quinta Feira

19:00h – Exibição dos videos:

“Get Crazy” – Dir. Allan Arkush – 1983

“Rock n’ Roll High School” – Dir. Allan Arkush – 1979

Local: Museu da Imagem e do Som de Campinas – MIS – Rua Regente Feijó, 869 – Centro

(Entrada franca)

22:00h – Show com as bandas:

O Inimigo – São Paulo/SP – Lançamento do CD “Imaginário Absoluto”

AQUëLES! – Campinas/SP

Local: O Bar do Zé – Av. Albino JB de Oliveira, 1325 – Barão Geraldo

(Entrada: r$10,00)

O Inimigo

09/12 – Sexta Feira

19:00h exibição dos videos:

“Morte e Morte de Johnny Zombie” – Dir. Gabriel Carneiro – 14’

“Estranha” – Dir. Joel Caetano – 13’

“Instantâneo” – Dir. Pedro Ribaneto – 20’

“O Hóspede” – Dir. Ramon Porto Mota e Anacã Agra – 17’

“1:21” – Dir. Adriana Câmara – 11’

Local: Museu da Imagem e do Som de Campinas – MIS – Rua Regente Feijó, 869 – Centro

(Entrada franca)

21:00h – Show com as bandas:

Test – São Paulo/SP

Hutt – São Paulo/SP

Slag – Paulinia/SP

Mortage – Campinas/SP

Executer – Amparo/SP

Local: WoodStock Music Bar – Rua Erasmo Braga, 06 – Bomfim

(Entrada: r$15,00)

22:00h – Kitnet apresenta: Rockones

Show com as bandas:

Shake Heartbreak – Campinas/SP

Footstep Surf Band – Campinas/SP

Local: O Bar do Zé – Av. Albino JB de Oliveira, 1325 – Barão Geraldo

(Entrada: r$12,00)

Get Crazy

10/12 – Sábado

22:00h – Show com as bandas:

Simon Chainsaw – Austrália

Drákula – Campinas/SP – Lançamento do 7′ EP “Vilipêndio a Cadáver”.

Local: O Bar do Zé – Av. Albino JB de Oliveira, 1325 – Barão Geraldo

(Entrada: r$12,00)

11/12 – Domingo

15:00 – Oficina:

Silkscreen / Stickers – Coletivo SHN.

16:00h – Show com as bandas:

Prole – Americana/SP

La Bataria – Campinas/SP

Cobras – Sorocaba/SP

Lo Fi – São José dos Campos/SP

Forgotten Boys – São Paulo/SP – Lançamento do novo álbum “Taste it”.

Wander Wildner – Porto Alegre/RS

Garage Fuzz – Santos/SP

Local: Estação Cultura – Praça Mal. Floriano Peixoto s/n – Centro

(Entrada franca)

*Programação sujeita a alterações.

Maiores informações: ChopSuey Discos – Fone: (19) 3236 0792

Good Coffee!


Pré Mostra Curta Audiovisual Campinas 2010

A “AAMISC” (Associação dos Amigos do Museu da Imagem e do Som de Campinas) e o Coletivo Ajuntaê apresentam dia 29/10 (sexta-feira) a “Pré 5° Mostra Curta Audiovisual Campinas 2010” uma incrível festa com exibições de curtas e apresentações musicais.

A festa, parte da programação da Mostra de Curtas de Campinas desse ano tem como objetivo “promover e incentivar a produção audiovisual em Campinas e região através de exibições, oficinas práticas, palestras e mesas de discussão(…)”

Entre as apresentações musicais da noite o destaque vai para banda argentina Falsos Conejos, que passa por Campinas/SP através da Turnê Fora do Eixo – projeto de circulação de artistas do Circuito Fora do Eixo. Será a maior turnê que a rede Fora do Eixo já realizou, com impressionantes 34 datas em 43 dias, passando por dez estados: Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Bahia, Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Sergipe.

O trio Falsos Conejos compõe rock experimental e psicodélico desde 2006, com influências de post e math-rock. No ano passado, o show dos Conejos foi eleito um dos dez melhores pela imprensa musical independente de Buenos Aires. Na tour, a banda apresenta “YYY”, disco fresquinho, lançado no início de outubro, através do Compacto REC – projeto mensal de distribuição virtual de músicas, produzido colaborativamente pela Fora do Eixo Discos.

A banda Eletric Mama Loves de Campinas/SP fecha a noite com seu punk rock doidão do jeito que tem que ser feito: musica + atitude.

Tudo isso tem início pontualmente às 19 horas no Centro Cultural Hermínia Sachetta (Av. Achienta, 51) com entrada franca!

Good Coffee!

5° Semana Vegetariana Unicamp

De 03 à 05 de Novenbro acontece no IFCH (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas) da Unicamp (Campinas/SP) a “5° Semana Vegetariana Unicamp“.

O encontro que chega a sua quinta edição trás esse ano diversos palestrantes, grupos de estudo, oficinas, filmes, atividades culturais e deliciosas refeições.

Confira aqui toda a programação.

Good Coffee!